Participantes

logoFROC_Horiz__RGB.jpg
LogO_ASBIHP.jpg
logo_ME.png
5b8d1343-3104-4588-bdcc-0168ac110002_edi
novartis_logo_pos_rgb (3).png
AADIC-perfil.jpg
transferir (1).jpg
andai.png
APO.jpg
Assoc-Port-contra-Leucemia-APCL1.png
APDI - Associação Da Doença Inflamatória Do Intestino.jpg
APJOF - Associação Portuguesa de Fibromialgia.png
APN-Associação Portuguesa de Neuromusculares.png
AAP - Associação Amigas do Peito.jpg
Associação de Desenvolvimento do Funchal - Garouta do Calhau.jpg
ADDCA - Associação de Doentes de Dor Crónica dos Açores.png
AMPM  - Associação de Mulheres com Patologia Mamária.png
LPCC - Liga Portuguesa Contra o Cancro- Núcleo Regional do Norte.jpg
APF_LOGO.jpg
AP - Delegação da Madeira da Alzheimer Portugal.jpg
EVITA - Associação de Apoio a Portadores de Alterações nos Genes Relacionados com Cancro H
LPCC - Liga Portuguesa Contra o Cancro - Núcleo Regional do Centro.png
Migra.jpg
Milacessos - Cooperativa de Serviços e de Solidariedade Social.png
MOG.png
Fibromialgia.jpg

FORMAÇÃO AICIB | SPLS

                    

CIÊNCIA DÁ SAÚDE 

As competências das associações de doentes em literacia em saúde  

Um programa SPLS & AICIB e EUPATI

Esta formação - CIÊNCIA DÁ SAÚDE - é direcionada a Associações de Doentes em Portugal, às suas equipas e também aos destinatários diretos destas entidades, visando a capacitação, tanto dos profissionais das áreas da saúde, social e outras nestas vastas áreas do saber, assim como dos seus diversos públicos.

Trata-se de um Programa de Formação Avançada para Associações de Doentes, que resulta de um protocolo de colaboração entre a SPLS - Sociedade Portuguesa de Literacia em Saúde e a AICIB - Agência de Investigação Clínica e Inovação Biomédica.

A formação total corresponde a um programa de 7 Módulos, com a duração de 4 horas cada um, sendo em modelo online, modelo presencial e também híbrido. Para todos os que não puderem estra presencialmente, será realizado também em formato digital (on-Line).


ENQUADRAMENTO

A literacia em saúde salva vidas (Sørensen, 2021).

É cada vez mais importante conseguir melhorar o sistema de saúde através do desenvolvimento de competências em literacia em saúde. Trata-se de uma área muito abrangente, na agenda política e legislada desde 2016 (Despacho 6429/2017; Despacho 3618-A/2016) com a criação, em 2016/2017, do Programa Nacional da Literacia em Saúde e Autocuidados.

A partir das dimensões do acesso, compreensão e uso da informação em saúde, da navegabilidade no sistema, das metodologias próprias e instrumentos de avaliação que pretendem conduzir a estilos de vida saudável e a uma mudança de comportamentos, integra um conjunto diverso de disciplinas, tais como as da ciências da comunicação, da psicologia da saúde, do marketing em saúde e marketing social, da gestão de conflitos, criatividade, recursos, que, combinados resultam em melhores estratégias e intervenções precisas em saúde.

 

Entre os vários módulos, as associações de doente poderão agregar mais conhecimento científico sobre como se elabora um projeto de intervenção comunitária, que metodologias estão por trás; que modelos de literacia em saúde precisam de conhecer para agilizar a intervenção, que competências comunicativas, como lidam com os media; que condições científicas existem sobre as melhores práticas do cuidado domiciliário; como se elabora uma investigação; que indicadores dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável 2030 é preciso conhecer e integrar; que são ensaios clínicos, quem pode aceder e participar e quais as exclusões e as razões subjacentes; o que há de novo na avaliação das tecnologias da saúde (este módulo e dado pela EUPATI Portugal).

NOVIDADES

 

Estas são algumas das matérias que vão ser abordadas na formação que traz ainda outras novidades: 

 

Os candidatos escolhidos terão uma via verde de contato com especialistas da AICIB e da SPLS nos seis meses seguintes à formação efetuada, através do agendamento mensal de contato preferencial.

 

Também as associações de doentes que fizerem os sete módulos receberão um “SELO”  de participação em formação para organizações literadas.



CANDIDATURA A FORMAÇÃO "CIÊNCIA DÁ SAÚDE":

Junto se apresenta o Formulário de Inscrição para a candidatura a este Programa de Formação Avançada para associações de doentes, que visa dar competências no domínio da ciência por forma a robustecer as associações de doentes no campo da literacia em saúde.

Cada Associação de Doentes pode propor duas pessoas para esta formação, garantindo que, pelo menos, um está presente em cada módulo. O objetivo desta formação é que cada Associação de Doentes tenha a possibilidade de aprofundar e recolher o máximo de informação desta Formação Avançada utilizando estes conhecimentos nas suas boas práticas.

 

Para se candidatar, por favor, preencha o seguinte formulário: 

 



Programa CIÊNCIA DÁ SAÚDE

 

 

 

 

 

 

 

 

Parceria

SPLS.jpg
transferir (1).png
infarmed_meta_tag.png
EUPATI.png

Assinatura de Protocolo SPLS - AICIB 16 de maio 2022

WhatsApp Image 2022-05-17 at 22.52.10.jpeg
SPEM - Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla.jpg
EUPATI.png

A formação prossegue em setembro 2022

Cristina De Almeida.jpeg

Formação avançada em Literacia em saúde para associações de doentes "Ciência dá Saúde" arranca com muita energia


A 29 junho 2022 arrancou com grande vitalidade a formação avançada em Literacia em Saúde para associações de doentes, com 44 participantes de 27 associações de doentes.

Fruto de uma boa parceria e protocolo assinado entre a SPLS e a AICIB, pela Presidente da SPLS e pela Vice Presidente da AICIB, Dra Teresa Machado Luciano,  esta formação é constituída por 7 Módulos, e decorre de junho a novembro de 2022. A formação avançada decorre ainda com o apoio do Infarmed que participou através da disponibilidade do espaço para formação e de uma intervenção sobre a participação destas associações na avaliação das tecnologias da saúde.

Os módulos de Literacia em Saúde, com integração de áreas específicas do sono e da saúde oral decorreram dia 29 de junho abordados pela Presidente da SPLS, Prof. Doutora Cristina Vaz de Almeida e pela Dra Marta Barroca, médica, e Dra Patricia Rodrigues, higienista oral, sócias fundadoras da SPLS. 

Neste dia, a Dra. Margarida Oliveira do Infarmed fez uma exposição sobre tecnologias da saúde.


Os projetos comunitários foram abordados em 30 de junho pela Enf. Patrícia Martins Vice presidente da SPLS.

A formação prossegue em setembro 2022, a iniciar com o Módulo "Ensaios Clínicos" a ser ministrado pela Dra Cecília Nunes, Presidente da Comissão de Ética da SPLS e sócia fundadora.

A Sociedade Portuguesa de Literacia em Saúde teve ainda um apoio essencial do Dr Teófilo Sousa, membro da AICIB durante todo o evento.

O feedback destas duas ações foi muito positivo na opinião dos vários participantes.

A haver mais inscrições poderemos avaliar nova edição. Já existem candidaturas pendentes.

PROTEÇÃO DE DADOS

 

A SPLS garante a proteção e confidencialidade de qualquer dado pessoal e/ou sensível que a esta seja disponibilizado por pessoas singulares externas à mesma. Os dados sensíveis serão sempre guardados em suporte eletrónico e protegidos com passwords de acesso restrito, ao abrigo da mesma lei.A SPLS compromete-se a não partilhar com terceiros qualquer dado pessoal e/ou sensível que com a mesma tenha sido partilhado.Os seus dados ficarão arquivados o período temporal estritamente necessário de acordo com a atividade exercida pela SPLS.A SPLS reconhece que a privacidade e proteção dos dados pessoais é um direito fundamental e como tal, qualquer esclarecimento necessário sobre a forma como os seus dados são tratados, quando partilhados com a SPLS, poderá ser endereçado à sua Direção e para o e-mail: splsportugal@gmail.com